QuickOf Pqatsi

Estádio cinza, manhã cinza, coração cinza, gente cinza, corações cinzas. E nem como cinzas autênticas servem, elas ao menos geraram calor um dia. (em Estação Metrô Itaquera)

Estádio cinza, manhã cinza, coração cinza, gente cinza, corações cinzas. E nem como cinzas autênticas servem, elas ao menos geraram calor um dia. (em Estação Metrô Itaquera)

Ganhei no sorteio do #TEDxUFABC ! Aeeeeeeeeee!  (em Universidade Federal do ABC - Câmpus São Bernardo)

Ganhei no sorteio do #TEDxUFABC ! Aeeeeeeeeee! (em Universidade Federal do ABC - Câmpus São Bernardo)

… outros mudam vidas.

… outros mudam vidas.

Enquanto uns imprimem brinquedos…

Enquanto uns imprimem brinquedos…

Filhooootaaaaa (em Biblioteca Pública Municipal Amadeu Amaral)

Filhooootaaaaa (em Biblioteca Pública Municipal Amadeu Amaral)

Demoing New Application

devopsreactions:

by chernandez1982

Hahhahahahahahahhahahahahhaha

As que achei interessantes.

Diana me dê um Talismã, um talismã…Viajar, você já pensou ir mais eu viajar, quando o sol desmaiar.Ah, vou viajar….

Diana me dê um Talismã, um talismã…

Viajar, você já pensou ir mais eu viajar, quando o sol desmaiar.

Ah, vou viajar….

(Fonte: gemidex, via diziaassim-chuchu)

“A verdade é que, quanto mais intimamente você conhece alguém, mais claramente você vai ver os seus defeitos. Isso é apenas a maneira que é. É por isso que os casamentos fracassam, porque as crianças são abandonadas, por que as amizades não duram. Você pode pensar que você ama alguém, até ver o modo como agem quando estão sem dinheiro ou sob pressão ou com fome, pelo amor de Deus. O amor é algo diferente. O amor é a escolha de alguém para servir e estar com alguém, apesar de seu coração sujo. O amor é paciente e bondoso, o amor é deliberada. O amor é difícil. O amor é dor e sacrifício, ele está vendo a escuridão em outra pessoa e desafiando o impulso de abandonar o navio.”
Autor Desconhecido. (via combaterei)

(Fonte: both-seeker-and-sought, via enrijecer)

“Então pegue o telefone ou um avião, deixe de lado os compromissos marcados, perdoa o que puder ser perdoado, esquece o que não tiver perdão…”
Engenheiros do Hawaii.   (via peitomorto)

(Fonte: nempense, via minha-mpb)

“Quem me machuca com a verdade merece todo meu perdão.”
Gabito Nunes.   (via versatizar)

(Fonte: ga-bi-to, via camilaaires)

“O mal do século XXI
É o mal de alzheimer que aflora nessa gente:
Esquece que falou.
Esquece que sentiu.
Esqueceu que amou.
Esquece que existiu.”
O Boteco.   (via poesografias)

(Fonte: o-boteco, via enrijecer)

Valentes

Nota: Isto era um post pronto e não foi por estupidez minha!

Lastimavelmente minha habilidade em produzir cultura é inversamente proporcional à minha capacidade de absorver cultura de qualidade - exceto senão talvez pelas Letras. Assim senti-me quando cheguei ao final de Valente, do Vitor Cafaggi. …

Comprei o Livro assim que me apaixonei pela história de Valente. Valente é um cão que como muitos, é integro, bom, companheiro, amigo, apaixonado, atrapalhado, tímido, fiel. Jamais outra tirinha tinha me tocado tanto quanto Valente o fez muitas vezes e repetiu hoje.

O que dizer o aspecto? O Livro é lindo! Esperava muito menos por 12 reais para ser sincero. As páginas tem uma cor muito bonita, a arte e fotografia como um todo são muito bonitas e até o cheiro do papel desta vez cativou-me. Os correios amassaram ele um pouco - deve ter sido bastante judiado de Minas para São Paulo (O Valente daqui também foi, não me parece novidade) mas nada que tirasse a magia de não me arrepender de ter comprado. Além destas aparências, o encontro foi mágico.

Valente é como sou. Me vi escarrado quando ele apaixonou-se - as duas vezes - me vi também quando houve o reencontro - e o mesmo frio na barriga que senti sentiu também Valente. Valente se dói, se entrega, até deixa um pouco de viver, caminha milhas e milhas de distância por quem e pelo que ama.

Valente é uma extensão de quem sou, uma tirinha que me encantou profundamente, que diz que não sou tão anormal ou absurdo assim e ver que as pessoas se encantam com o Valente mostra-me que há lugar para pessoas que sentem, que gostam, que amam, que pulsam e que fluem.

Esta é a singela homenagem de quem não sabe desenhar. Parabéns Valentes!

P.s: Aguardo loucamente o segundo!

P.s2: Achei muito legal a ideia da venda direta pelo site.